preloader
Scroll to top
© 2019 , TRIA, S.A.
Share
en pt

Proteção Passiva Contra Incêndios na Indústria

A segurança começa com a prevenção! Este é um princípio que se aplica à segurança em geral e, consequentemente, à segurança contra incêndios em edifícios.

Nos edifícios industriais, para além da preocupação com a salvaguarda de vidas humanas, há uma forte preocupação com a proteção do património industrial, visando garantir a intervenção segura dos bombeiros, a proteção dos equipamentos industriais (para a assegurar a continuidade do negócio após um sinistro) e para diminuir as consequências ambientais associadas aos incêndios industriais.

Neste contexto, a Proteção Passiva Contra Incêndios (PPCI) ganha particular relevância nos edifícios industriais que comportam risco de incêndios e explosões importantes.

A PPCI é fundamental, desde logo, para assegurar a estabilidade estrutural do edificado em caso de incêndio e para fracionar e confinar compartimentos, reduzindo os efeitos catastróficos da propagação do fogo nas instalações industriais.

Em Portugal os requisitos relativos à PPCI ganham especial destaque na portaria n.º 1532/2008 que estabelece a regulamentação técnica das condições de segurança contra incêndio em edifícios e recintos, a que devem obedecer os projetos de arquitetura, os projetos de SCIE e os projetos das restantes especialidades, designadamente no que se refere às condições gerais e específicas de SCIE, entre outras. No seu CAPÍTULO X – Utilização-tipo XII «Industriais, oficinas e armazéns» são estabelecidas as disposições técnicas gerais e específicas de SCIE referentes às condições de comportamento ao fogo, isolamento e proteção, às condições de evacuação, às condições das instalações técnicas, às condições dos equipamentos e sistemas de segurança e às condições de autoproteção.

A TRIA disponibiliza, para os edifícios industriais, uma ampla gama de soluções ensaiadas de acordo com os mais exigentes referenciais normativos internacionais: UL; ASTM; EN; FM Approvals; entre outos.

Proteção de estruturas metálicas e de betão, portas, cortinas e envidraçados resistentes ao fogo, proteção de cablagens elétricas, selagens corta-fogo, construção de condutas de desenfumagem resistentes ao fogo e desenfumagem/ventilação naturais, são algumas das soluções indispensáveis para cumprir os requisitos legais e de segurança na indústria, que a TRIA fabrica e instala sob o controlo de um rigoroso Sistema de Gestão da Qualidade que permite uma efetiva garantia dos sistemas instalados.

Algumas das referências da TRIA no sector industrial são:

 

  • The Navigator Company – Complexo industrial de Cacia;
  • The Navigator Company –  Complexo industrial da Figueira da Foz;
  • The Navigator Company –  Complexo industrial de Setúbal;
  • Galp- Refinaria de Matosinhos;
  • Galp – Refinaria de Sines;
  • Repsol – Sines
  • Renova –Fábrica de Papel do Almonda, S.A.;
  • Celtejo – Empresa de Celulose do Tejo, S.A.;
  • Palser – Sertã;
  • Embraer Portugal – Évora;
  • Mecachrome Aeronáutica – Évora;
  • Navigator Tissue Ródão, S.A. – Vila Velha de Ródão;
  • National Steel industry, S.A. – Maia;
  • Beira Industrial Cellulose (Celbi) S.A. – Figueira da Foz;
  • Entre outras.

Publicações Relacionadas